sábado, 19 de junho de 2010

é muito confuso


na verdade sempre gostei de ti, sempre fizeste com que o meu coração batesse mais forte quando estavas comigo, na verdade sempre me provocaste o efeito borboleta na barriga quando ouvia a tua doce voz, na verdade isto sempre foi muito sincero e verdadeiro! mesmo quando te dizia que não gostava de ti, mesmo quando tu me fazias acreditar que as coisas tinham futuro quando na verdade já estão destinadas ao fracasso mesmo antes de algo começar. sempre me iludiste dando dicas de que o fazias, mas na verdade eu não acreditava ou não queria acreditar porque a meus olhos eras perfeito e jamais o farias segundo o meu coração. sempre me deste muito de ti, sempre com uma mão a dar e outra a tirar, sempre me mataste com pedacinhos do teu veneno poderoso ao qual eu chamo de amor. talvez fosse uma maneira de me fazeres acordar, mas quanto mais o fazias, mais eu adormecia e sonhava em teus braços ou pelo menos era no que queria acreditar. sempre te amei, qualquer pessoa o pode confirmar, assim como ainda te amo, fazes parte de tudo em mim... mesmo longe, tens esse efeito. na minha memória ficaram para sempre as nossas imagens: tu a dares-me a mão e eu com um sorriso de orelha a orelha, ou mesmo os meus olhos derramados em lágrimas e tu do outro lado da rua sem saber o que fazer, completamente desorientado. não me perguntem se isto tem uma razão de ser, porque essa é a maior interrogação que tenho dentro de mim! apenas sei que isto é confuso, muito muito confuso! omg, o que será feito de mim? :o

8 comentários:

  1. como tão bem te conheço,sei qual o destinatário de cada texto teu... como se fosse eu a fazê-los e a imaginar a quem me refiro,ou para quem me dirijo,ou às vezes até mesmo sentir o que tu sentes e compreender a tua maneira de agir e reagir...
    como escreves tão bem,e como quero que nada entre nós fique em vão... és uma força da natureza,e eu confirmo-o com a força das minhas palavras...

    ResponderEliminar
  2. Oi Ari...
    Passeando por entre blogs te encontrei.
    E fiquei encantada com teu blog, a tua maneira de escrever, de ver a vida.
    É dificil achar blogs com conteudo hoje em dia, e sinto-me mt feliz em te-la achado!
    Passei a te seguir pra acompanhar sempre as tuas postagens!
    Parabens de verdade! Amei teu espaco!

    ResponderEliminar
  3. óh, asério, amor? o:
    meeesmo, é horrível :c
    óooh, o teu blog, está lindo, lindo *.*

    ResponderEliminar
  4. adorei:P
    "não me perguntem se isto tem uma razão de ser, porque essa é a maior interrogação que tenho dentro de mim! apenas sei que isto é confuso, muito muito confuso!" _- Há tantas coisas que existem sem uma razão de ser, tantos sentimentos, o amor, não temr azão de ser, é e pronto...

    ResponderEliminar